Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Ministério da Educação quer estabelecer "serviços mínimos" para greve geral

Lusa

  • 333

Lisboa, 24 mai (Lusa) -- O Ministério da Educação informou hoje ter iniciado as diligências necessárias para estabelecer "serviços mínimos" no dia da greve geral e assegurou existirem "todos os instrumentos" para a realização dos exames nacionais.

"Na sequência do pré-aviso de greve entregue hoje, o Ministério da Educação e Ciência iniciou as diligências necessárias para estabelecer serviços mínimos no dia 17 de junho", refere um comunicado do Ministério hoje divulgado.

O documento acrescenta que a tutela já iniciou os contactos necessários com os sindicatos, "solicitando a indicação dos serviços mínimos a serem garantidos".