Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Militares guineenses cancelam encontro com oficial detido para evitar julgamento na praça pública

Lusa

  • 333

Bissau, 30 out (Lusa) - A imprensa da Guiné-Bissau foi hoje por duas vezes chamada ao Estado Maior General das Forças Armadas para ouvir declarações de Pansau N´Tchamá, acusado de liderar um ataque a um quartel, mas a iniciativa foi anulada.

A Guiné-Bissau vive novamente dias de instabilidade desde o passado dia 21, quando um comando, alegadamente liderado pelo capitão Pansau N'Tchamá, atacou o quartel dos para-comandos. No ataque morreram seis pessoas

O capitão foi capturado uma semana depois e encontra-se detido em Bissau.