Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Militar condenado a um ano de prisão com pena suspensa por morte de assaltante

Lusa

  • 333

Porto de Mós, 23 abr (Lusa) - Um militar da GNR suspeito de homicídio por negligência de um homem que furtava cobre foi hoje condenado a um ano de prisão, suspensa por igual período, pelo coletivo de juízes e jurados do Tribunal de Porto de Mós.

O militar da GNR estava acusado pelo Ministério Público (MP) de homicídio qualificado, mas o tribunal entendeu proceder à alteração da qualificação do crime para homicídio por negligência.

O tribunal considerou que o arguido "não disparou com a intenção de atingir a vítima", mas "o pneu".