Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Milhares marcham sonoramente em Espanha contra efeitos e gestão da crise

Lusa

  • 333

Madrid, 13 out (Lusa) -- Panelas, frigideiras e outros utensílios culinários barulhentos saíram hoje às ruas nas mãos de milhares de espanhóis, em protesto contra os efeitos da crise e denunciando a gestão da mesma.

Convocados pelo movimento dos indignados, iniciado a 15 de março de 2011, com a palavra de ordem "Não devemos, não pagamos", os protestos juntaram homens e mulheres de todas as idades, alguns com crianças.

Em Madrid, os manifestantes fizeram o percurso entre a sede da União Europeia até à emblemática praça da Puerta del Sol. Os protestos estenderam-se a outras cidades espanholas, nomeadamente Barcelona.