Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Milhares de manifestantes em Bruxelas contra impacto da austeridade sobre o emprego

Lusa

  • 333

Bruxelas, 14 mar (Lusa) - Milhares de manifestantes, entre os quais elementos da UGT, concentraram-se hoje, em Bruxelas, para dizerem aos líderes da União Europeia (UE), reunidos em cimeira, que estão descontentes com o impacto da austeridade sobre o emprego.

Com a palavra de ordem "Unidos por um futuro melhor: não à austeridade, sim ao emprego para os jovens", a Confederação Europeia de Sindicatos (CES), da qual fazem parte UGT e CGTP-IN, juntou entre sete mil (dados da polícia belga) e quinze mil manifestantes (dados da organização).

Impedidos pelo perímetro de segurança imposto pela polícia de se acercarem da emblemática Praça Schuman, situada perto do Conselho Europeu, onde estão reunidos os líderes da UE, os manifestantes quiseram passar "uma mensagem de urgência", segundo a qual "a recessão grave caiu sobre as costas dos trabalhadores".