Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Mikhail Gorbachov desmente morte, anunciada no Twitter de agência noticiosa

Lusa

  • 333

Moscovo, 08 ago (Lusa) - O último dirigente da antiga União Soviética Mikhail Gorbachov desmentiu hoje a sua morte, anunciada na conta da rede social Twitter da agência noticiosa russa Ria Novosti, na sequência de um ataque de piratas informáticos.

"Eles esperam a minha morte. Em vão. Estou vivo e bem", declarou Gorbachov, de 82 anos, ao jornal russo Novaia Gazeta, do qual é acionista.

"Seja alguém que pretende promover os seus 'sites', seja a pedido de alguma autoridade", acrescentou ao diário, citado pela agência noticiosa francesa AFP.