Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Miguel Relvas considera "determinante" envolvimento do PS na procura de soluções

Lusa

  • 333

Horta, 06 nov (Lusa) -- O ministro Adjunto e dos Assuntos Parlamentares, Miguel Relvas, assegurou hoje que o objetivo do executivo é "unir e não desunir", considerando "determinante" o envolvimento do PS na procura de soluções para os problemas do país.

"No interesse do PS e do país, é determinante que participe naquelas que são as soluções para os problemas e que sejamos capazes de os ultrapassar", afirmou Miguel Relvas, em declarações aos jornalistas, salientando que o país precisa do envolvimento "de todos os que nos últimos anos tiveram responsabilidade na governação e tenham a expectativa de voltar a ser governo, e o PS é um partido com vocação de poder e tem a expectativa de voltar a ser governo", disse.

Miguel Relvas, que falava na Horta, no final da cerimónia de posse do Governo dos Açores, considerou "muito importante a participação do PS" na procura de soluções para os problemas de Portugal, recordando que foi o PS que "assinou o memorando de entendimento" com a 'troika', além de ser o maior partido da oposição.