Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

México: Tribunal rejeita pedido da esquerda de anulação das presidenciais

Lusa

  • 333

Cidade do México, 31 ago (Lusa) -- O Tribunal Eleitoral do México rejeitou na quinta-feira o pedido de anulação dos resultados das eleições presidenciais apresentado pela esquerda.

Depois de cinco horas e meia de debate, os sete magistrados decidiram declarar como infundados todos os argumentos apresentados pela esquerda para pedir a invalidação das eleições de 01 de julho, considerando não haver provas fortes de violação da Constituição e da legislação eleitoral e que as eleições foram "livres e autênticas".

A esquerda alegou que as eleições foram marcadas pela desigualdade, compra de votos, superação dos gastos de campanha, parcialidade da imprensa e manipulação dos resultados a favor do candidato do Partido Revolucionário Institucional (PRI), Enrique Pena Nieto, que angariou a maioria dos votos (38,21 por cento).