Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

México: Detidos 16 funcionários de prisão suspeitos na fuga de 131 reclusos

Lusa

  • 333

Piedras Negras, México, 20 set (Lusa) - Um juiz ordenou a detenção na quarta-feira de 16 funcionários e guardas numa prisão perto da fronteira com os Estados Unidos, de onde fugiram 131 prisioneiros na segunda-feira, alegadamente com a ajuda do cartel de droga Zetas.

O juiz decidiu que o diretor da prisão, dois assessores e 13 outros empregados estabelecimento prisional de Piedras Negras ficassem em prisão domicilária por 40 dias, indicando haver provas credíveis de que terão ajudado à fuga bem sucedida de um quinto da população prisional daquela cadeia.

Segundo as autoridades, os prisioneiros evadiram-se da prisão de Piedras Negras na segunda-feira, através de um túnel de 1,20 metros de largura sobre sete metros de comprimento, construído a 2,90 metros de profundidade numa antiga oficina.