Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Metais/furtos: Sucateiras pedem ajustamentos na nova lei

Lusa

  • 333

Bragança, 30 set (Lusa) -- A associação representativa dos operadores de resíduos apoia os objetivos da nova lei de combate ao furto e recetação de metais, mas defende ajustamentos para evitar a sobrecarga de custos às empresas do setor.

A legislação que entra em vigor na segunda-feira vai exigir investimento às vulgarmente designadas sucateiras, nomeadamente em sistemas de videovigilância, registos de entradas e saídas e imobilização dos materiais.

São "custos que os operadores terão de suportar" e que implicam também uma sobrecarga burocrática para as empresas, segundo Quitéria Antão, da APOGER, a Associação Portuguesa dos Operadores de gestão de Resíduos e Recicladores.