Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Meta da 'troika' para a dívida pública será difícil de alcançar - UTAO

Lusa

  • 333

Lisboa, 30 abr (Lusa) - A nova meta da 'troika' para a dívida pública neste ano será difícil de alcançar, pois esperam uma redução de 3,4 mil milhões de euros quando o défice deve ser superior e a recessão mais profunda, considera a UTAO.

Numa atualização à avaliação que fez das Contas Nacionais do quarto trimestre, a Unidade Técnica de Apoio Orçamental (UTAO) diz que existem "riscos não negligenciáveis para a concretização dessa projeção num contexto em que persistirá uma contração do produto nominal e elevadas necessidades de financiamento (e que, inclusivamente, até foram revistas em alta").

A nova projeção feita na sétima revisão do Programa de Assistência Económica e Financeira (PAEF) prevê uma redução da dívida pública face a 2012 de 3,4 mil milhões de euros, sendo a revisão mais significativa face à anterior projeção, que foi feita na quinta avaliação, e onde se previa um aumento da dívida pública em 2013 de 8,3 mil milhões de euros.