Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Merkel sugere a Espanha que crie empregos para evitar instabilidade

Lusa

  • 333

Davos, Suíça, 24 jan (Lusa) - A chanceler alemã, Angela Merkel, sugeriu hoje, em Davos, que Espanha deve criar empregos para evitar a instabilidade política, até que as reformas estruturais permitam diminuir o desemprego.

"Vou dar um exemplo: se temos em Espanha uma taxa de desemprego de 50 a 60% entre os jovens, ou em Portugal, ou na Grécia, a nossa responsabilidade é, talvez, tomar medidas que permitam criar empregos de forma transitória", até que as reformas estruturais produzam os seus efeitos, disse a chanceler alemã num discurso durante o 43º Fórum Económico Mundial, que decorre na cidade suíça de Davos.

Merkel citou a experiência alemã para dizer que será necessário esperar "dois ou três anos, talvez 4" antes que as reformas deem os seus frutos nos países europeus onde estão a ser aplicadas.