Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Mercosul: Entrada da Venezuela eleva bloco a potência energética global - Dilma Rousseff

Lusa

  • 333

Rio de Janeiro, 31 jul (Lusa) - A Presidente brasileira, Dilma Rousseff, saudou hoje na qualidade de líder 'pro tempore' do Mercosul, a entrada oficial da Venezuela no bloco sul-americano e destacou o poderio energético conquistado pelo grupo.

"O Mercosul, um dos principais produtores de alimentos e minérios do mundo, consolida-se como potência energética e potência alimentar global", afirmou Dilma Rousseff, numa declaração à imprensa no fim da Cimeira Extraordinária que formalizou a adesão da Venezuela no bloco sul-americano.

A Venezuela possui uma das maiores reservas certificadas de petróleo e gás do mundo, sendo um dos membros da Organização dos Países Exportadores de Petróleo (OPEP). Com a chegada do novo membro, que aguardava há seis anos pela sua adesão pleno ao grupo, o Mercosul passa a representar 70 por cento da população da América do Sul, com cerca de 270 milhões de habitantes; e a somar um Produto Interno Bruto (PIB) de 3,3 biliões de dólares (2,68 biliões de euros) - o equivalente a 83,2 por cento de toda a economia sul-americana.