Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Mercedes F1 confirma que Ross Brawn sai da equipa no final do ano

Lusa

  • 333

Brackley, Inglaterra, 28 nov (Lusa) - O engenheiro inglês Ross Brawn vai abandonar o cargo de chefe de equipa da Mercedes AMG Petronas F1 no final deste ano, confirmou hoje a escuderia alemã de Fórmula 1, pondo fim a meses de especulação.

Aos 59 anos, Brawn é uma das figuras mais destacadas da Fórmula 1, tendo contribuído em larga medida para os sete títulos mundiais ganhos pelo alemão Michael Schumacher na Benetton (1994 e 1995) e na Ferrari (2000 a 2004).

Após a passagem pela Ferrari, Brawn foi para a Honda F1 como chefe de equipa, em 2007. O inglês comprou a equipa, rebatizou-a como Brawn GP, e em 2009 venceu o título de construtores e de pilotos, com o inglês Jenson Button.