Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Menos 23 transplantes de órgaõs até maio, aumento da idade do dador é a causa

Lusa

  • 333

Lisboa, 25 jun (Lusa) -- Entre janeiro e maio deste ano houve 271 transplantes em Portugal, menos 23 do que no mesmo período do ano anterior e o valor mais baixo desde 2009, segundo dados oficiais hoje divulgados.

De acordo com os dados do Instituto Português do Sangue e da Transplantação, o número de dadores em morte cerebral foi exatamente o mesmo nos cinco primeiros meses de 2012 e de 2013: 109 dadores.

Apesar disso, o número de órgãos com qualidade para transplantação diminuiu 6% em 2013 em relação ao mesmo período do ano anterior, o que tem que ver com o aumento da média de idades dos dadores.