Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Menezes culpa "momento devastador" para PSD e Rio pela derrota autárquica

Lusa

  • 333

Porto, 30 out (Lusa) -- O social-democrata Luís Filipe Menezes culpa o "momento devastador para a imagem" atual do partido em que milita, o ex-presidente da Câmara do Porto, Rui Rio (PSD) e o líder do CDS/PP, Paulo Portas, pela derrota nas autárquicas portuenses.

Num e-mail a que a Lusa teve hoje acesso, o candidato derrotado nas eleições para a Câmara do Porto critica Rio, os seus vereadores e a "máquina" autárquica de "tudo" ter feito para derrotar" a sua candidatura, censura a "verdadeira cruzada" travada pela comunicação social, o "CDS institucional e o seu líder" e até a crise que afeta a imagem do PSD.

"Foi uma luta contra um momento político, económico e social devastador para a imagem do partido em que milito há mais de 30 anos. Contra largos setores da comunicação social e da opinião publicada, que desenvolveram uma verdadeira cruzada contra a possibilidade do Porto mudar da forma que preconizávamos", justifica Menezes, numa mensagem de correio eletrónico enviada na terça-feira a militantes portuenses do partido, hoje divulgada pelo Diário de Notícias.