Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Membro das Pussy Riot transferida para cela de isolamento após denúncia de maus tratos

Lusa

  • 333

Moscovo, 24 set (Lusa) -- Os serviços penitenciários russos informaram hoje que Nadejda Tolokonnikova, uma das integrantes do grupo feminista 'punk' russo Pussy Riot detida desde agosto de 2012, foi transferida para uma cela de isolamento.

Nadejda Tolokonnikova, de 23 anos, iniciou na segunda-feira uma greve de fome para denunciar alegadas ameaças de morte e as condições desumanas que enfrenta na prisão.

"Tolokonnikova foi colocada num local que é considerado como seguro dentro do campo de detenção. Não é uma cela com fins disciplinares", afirmou um porta-voz dos serviços penitenciários russos, citado pela agência noticiosa Interfax.