Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Médio Oriente: Israel mantém segurança apertada, após morte de palestiniano ter desafiado a trégua

Lusa

  • 333

Gaza, 24 nov (Lusa) -- Israel mantinha hoje fortes medidas de segurança, após a morte na sexta-feira de um palestiniano na Faixa de Gaza, o primeiro teste à trégua acordada entre Israel e o Hamas, no poder no enclave.

O acesso à mesquita de Al-Aqsa, em Jerusalém, terceiro maior local mais sagrado do Islão, foi especialmente negado aos palestinianos com menos de 40 anos, noticia a agência noticiosa francesa AFP.

Anouar Abdelhadi Qdeih, de 20 anos, foi morto pelo exército israelita, cujos disparos feriram mais 19 palestinianos na aldeia de Khouzaa, a leste de Khan Younès, segundo disse à AFP um porta-voz dos serviços de urgência em Gaza, Adham Abou Selmiya.