Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Médio Oriente: Abbas admite inquérito à morte de Arafat

Lusa

  • 333

Paris, 06 jul (Lusa) -- O Presidente da Autoridade Nacional Palestiniana, Mahmud Abbas, disse hoje em Paris que, "se for necessário", será feito um inquérito às circunstâncias da morte, em 2004, do antigo dirigente palestiniano Yasser Arafat.

Abbas falava aos jornalistas no final de um encontro, no Eliseu, com o Presidente da França, François Hollande, com o qual se reuniu hoje pela segunda vez desde o dia 08 de junho.

"Falámos da morte do Presidente Yasser Arafat, que foi tratado aqui, em França. Este assunto está aparentemente a caminho de ser reaberto e, se for necessário, realizaremos um inquérito. Queremos ver se há novos elementos que possam surgir" sobre as circunstâncias da sua morte, adiantou Mahmud Abbas.