Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Medidas estipuladas por Bruxelas não 'atrapalham' rumo do BPI -- Ulrich

Lusa

  • 333

Lisboa, 24 jul (Lusa) - Os remédios que constam do plano de reestruturação do Banco BPI, hoje aprovado pela Comissão Europeia, estão em linha com as medidas que o próprio banco tinha definido para o seu futuro próximo, garantiu hoje o presidente Fernando Ulrich.

"O essencial está aprovado pelos organismos competentes da União Europeia e, portanto, o banco tem o seu plano de reestruturação aprovado. Não acrescenta muito àquilo que já havia ao abrigo da lei da capitalização [com recurso à ajuda estatal], como é o caso da não distribuição de dividendos e não fazer aquisições", disse hoje o líder do BPI.

"O primeiro período de reestruturação do BPI vai até ao final de 2015. O caminho que eles querem que o banco corra é de médio prazo e, felizmente, boa parte já está feito", salientou Ulrich.