Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Medidas do OE de 2014 podem aumentar crédito malparado - BdP

Lusa

  • 333

Lisboa, 26 nov (Lusa) - O Banco de Portugal (BdP) está preocupado com os efeitos das medidas do Orçamento do Estado para 2014 no aumento do incumprimento dos empréstimos bancários pelas famílias.

O Relatório de Estabilidade Financeira, hoje divulgado pela instituição, refere que apesar dos sinais de recuperação dados pela economia este ano, há ainda um "elevado grau de incerteza" quanto à evolução desta, assim como a evolução do desemprego, o que a somar-se às medidas previstas no Orçamento para 2014 - que cortam o rendimentos dos reformados e funcionários públicos - coloca riscos sobre o sistema financeiro nacional, com impacto no aumento do crédito malparado.

"Estes desenvolvimentos podem ter impacto negativo sobre a procura interna e, assim, dificultar a recuperação do emprego, com eventual reflexo no número de famílias que possam vir a confrontar-se com a impossibilidade de garantir os compromissos de créditos assumidos", lê-se no documento hoje publicado pela instituição liderada por Carlos Costa.