Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Medidas de austeridade na TAP estão "completamente descredibilizadas e desprovidas de moral" - pilotos

Lusa

  • 333

Lisboa, 12 nov (Lusa) - O Sindicato dos Pilotos da Aviação Civil (SPAC) definiram hoje como "completamente descredibilizadas e desprovidas de moral" as medidas de austeridade na TAP, no dia em que os trabalhadores da empresa souberam que vão ter cortes salariais em 2013.

"Todo o dinheiro que tem sido retirado aos trabalhadores da TAP ao abrigo das políticas de austeridade não pode ser encaminhado para o Orçamento de Estado e serve, exclusivamente, para continuar a alimentar as opções ruinosas da Administração da empresa, as quais estão reflectidas nos sucessivos prejuízos que se têm registado ao longo dos anos", acusa o SPAC em comunicado hoje divulgado.

Os trabalhadores da CGD e da TAP vão ficar sujeitos aos cortes salariais da função pública em 2013 devido a uma alteração prevista na proposta de Orçamento para o próximo ano que acaba com o regime de exceção em vigor.