Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Médicos: Greve é "irreversível" - FNAM

Lusa

  • 333

Lisboa, 06 jul (Lusa) -- A greve dos médicos nos próximos dias 11 e 12 é "irreversível", segundo um dirigente da Federação Nacional dos Médicos (FNAM), um dos dois sindicatos que convocaram a paralisação.

"Neste momento não há nenhum sinal credível que nos permita encarar qualquer hipótese, por mais remota que seja, de não concretizar a greve como espaço legal e constitucional da manifestação da justa indignação dos médicos", disse à Lusa Mário Jorge Neves.

O dirigente da FNAM minimizou desta forma a atitude do ministro da Saúde que, através de um comunicado enviado na noite de quinta-feira, fez saber que iria "de imediato desenvolver novos contactos" com as organizações sindicais dos médicos para tentar evitar a greve.