Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

"Medalhas difíceis" nestes mundiais, assume selecinoador de canoagem

Lusa

  • 333

Duisburgo, 30 ago (Lusa) - O selecionador de canoagem, Ryszard Hoppe, considerou hoje "positiva" a jornada nos mundiais de Duisburgo, na Alemanha, e assumiu que será "difícil" Emanuel Silva e João Ribeiro chegarem às medalhas em K2.

"Vamos ver. A final é uma prova diferente. Tudo é possível. Mas não está fácil para a zona das medalhas. Cada lugar para a frente é bom, um sucesso para eles", assumiu, falando da final de sábado, nos 1.000 metros - domingo disputa-se a de 500.

Em declarações à agência Lusa, Hoppe recordou "o grande valor e experiência dos adversários e o pouco tempo de trabalho em conjunto" da tripulação improvisada, após a recusa de Fernando Pimenta à seleção, por não poder competir em K1, e que desfez o K2 1.000 vice-campeão olímpico, bem como o K4 1.000 vice-campeão da Europa.