Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Mausoléu de Lenine em Moscovo fecha para obras durante vários meses

Lusa

  • 333

Moscovo, 24 dez (Lusa) - O mausoléu de Lenine em Moscovo, que acolhe desde 1924 o corpo embalsamado do fundador do Estado soviético, vai encerrar as suas portas durante vários meses devido a uma "gravíssima deformação" do edifício.

Segundo a agência Efe, a erosão de que sofre o solo do edifício, devido às constantes precipitações, ameaça a estabilidade do mausoléu, situado na Praça Vermelha, junto às muralhas do Kremlin.

Por causa da sua permeabilidade perante a chuva e a neve, o edifício já se encontra inclinado sobre uma das esquinas, o que está a afetar perigosamente o seu revestimento exterior, divulgou hoje em conferência de imprensa Olga Galanicheva, arquiteta do projeto.