Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Mau tempo: Culturas de primavera/verão "muito comprometidas" no Alentejo - Docente universitário

Lusa

  • 333

Évora, 07 abr (Lusa) -- Algumas das culturas de primavera/verão já estão "muito comprometidas" no Alentejo, devido à chuva de março, que ultrapassou os 250 milímetros, "mais de um terço da quantidade média anual", segundo o docente universitário Ricardo Freixial.

Em declarações à agência Lusa, o professor da Universidade de Évora considerou que, com a chuva, o ano agrícola tornou-se "desfavorável" para as culturas de primavera/verão, como o tomate, milho e melão, porque "estão atrasadas na sua instalação".

"No ano passado, estávamos com um mês de março com zero milímetros de chuva e, este ano, tivemos um mês de março no qual caíram cerca de 250 milímetros de precipitação", indicou o docente e agricultor.