Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Mau tempo: Cinco mil árvores arrancadas em baldios da Lousã serão vendidas para aquecimento

Lusa

  • 333

Lousã, 23 jan (Lusa) -- O temporal do último fim de semana arrancou cerca de 5.000 árvores dos baldios de Vilarinho, no concelho da Lousã, disse hoje à agência Lusa o presidente da Junta de Freguesia.

"O vento derrubou muita coisa, entre quatro e cinco mil árvores, designadamente pinheiros, acácias e cedros", adiantou o autarca Joaquim Seco.

Face à devastação que atingiu os quatro baldios de Vilarinho, uma área de 900 hectares de povoamentos florestais diversos na serra da Lousã, a prioridade dos compartes é "cortarem as árvores que caíram e levá-las para estaleiro", na sede da freguesia, a fim de serem vendidas para lenha.