Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Marrocos: Tortura de detidos é "muito frequente" -- Relator ONU

Lusa

  • 333

Rabat, 22 set (Lusa) -- O relator especial da ONU para a tortura afirmou hoje que a tortura de manifestantes e de suspeitos de terrorismo em Marrocos "é muito frequente" e lamentou o aumento da repressão dos protestos.

"Em situações normais (de detidos investigadas pela equipa), a tortura e o tratamento cruel ou desumano é muito frequente. Se é sistemático, é difícil dizer com base no número de amostras que temos", disse Juan Mendez à imprensa no final de uma visita de uma semana a prisões e esquadras de polícia em Marrocos.

Esse tipo de tratamento - precisou - inclui espancamentos, choques elétricos, abusos sexuais e queimaduras com cigarros, segundo "relatórios credíveis" e testemunhos recolhidos.