Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Marrocos: Jovens defendem direito de não crentes a comer, beber e fumar no Ramadão

Lusa

  • 333

Rabat, 14 ago (Lusa) -- Um grupo de jovens marroquinos quer desafiar a tradição do Ramadão e criou um movimento, que designou "Masayminch" ("Nós Não Jejuamos", em Árabe marroquino), noticia a AFP.

Defensores do direito a não jejuar para os não-crentes, os promotores do grupo querem poder comer, beber e fumar em público durante o Ramadão.

"A ideia é dizer à sociedade que somos diferentes e não temos de nos esconder", disse à agência noticiosa um dos fundadores do grupo, Imad Iddine Habib, de 23 anos.