Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Marítimo pede esclarecimentos ao Conselho de Justiça sobre descida do Boavista

Lusa

  • 333

Funchal, 08 abr (Lusa) - O Marítimo solicitou hoje esclarecimentos ao Conselho de Justiça (CJ) da Federação Portuguesa de Futebol (FPF) sobre as consequências do acórdão de 17 de junho de 2009, considerando que esse detém uma decisão "final e definitiva" sobre o Boavista.

Após a aprovação do alargamento da I Liga para 18 clubes, para reintegrar o clube "axadrezado", o Conselho de Administração do Marítimo diz, em comunicado, que a deliberação do CJ de 21 de fevereiro de 2013 "não é esclarecedora quanto às consequências jurídico e desportivas que dela devem ser retiradas".

"Uma vez que existe deliberação do mesmo CJ, datada de 17 de junho de 2009, que confirma a aplicação da sanção de descida de divisão da Boavista SAD, entende a Marítimo SAD que essa deliberação do CJ (de 2009) é final e definitiva, constitui caso julgado desportivo e, por isso, nela se fundou a sanção desportiva, entretanto, aplicada", salienta o clube insular.