Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Mário Figueiredo pede ao Estado a criação de taxa nas apostas desportivas

Lusa

  • 333

Lisboa, 23 set (Lusa) - O presidente da Liga Portuguesa de Futebol Profissional, Mário Figueiredo, apelou hoje à intervenção estatal para a criação de uma taxa sobre as apostas desportivas, como forma de aliviar a situação de tesouraria dos clubes.

Durante a comemoração do 103.º aniversário da AF Lisboa, Mário Figueiredo realçou o facto de a Liga portuguesa ser considerada a quinta mais competitiva da Europa e a única que apresentou um saldo positivo na balança das transferências.

O dirigente diz não entender como é que existem empresas de apostas desportivas que vivem das performances dos clubes portugueses e que até agora o governo não tenha incluído uma alínea no próximo orçamento de Estado que preveja a criação de uma taxa.