Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Mariano Rajoy espera ano "difícil" mas com uma contração "menor" e crescimento no final de 2013

Lusa

  • 333

Madrid, 12 fev (Lusa) -- O ano de 2013 voltará a ser "difícil" para a economia espanhola, mas a contração será "menor" do que no ano passado, com crescimento esperado na fase final do ano, disse hoje o chefe do Governo espanhol.

Mariano Rajoy falava na abertura do seminário "Mais além da austeridade: regressar ao caminho do crescimento", organizado pelo The Economist e onde participam, entre outros, Francisco González, presidente do BBVA, Cristobal Montoro, ministro da Fazenda e Administrações Públicas e María Dolores de Cospedal, Secretaria General do Partido Popular.

Apesar dos sinais positivos e de ser necessário continuar a atuar "num contexto de austeridade, reformas e abertura ao exterior" a nível doméstico, Rajoy insistiu que os avanços requerem "um processo de reformas e maior integração na zona euro".