Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Mapa Judiciário: Operadores nortenhos temem mais justiça pelas próprias mãos -- inquérito

Lusa

  • 333

Porto, 12 jun (Lusa) - Operadores judiciários do Norte, ouvidos num inquérito, temem que a reorganização do mapa dos tribunais encoraje, em alguns casos, o recurso à justiça pelas próprias mãos, soube-se hoje junto do Conselho Regional do Norte da Ordem dos Advogados (CRN-OA).

Conduzido junto de 65 operadores de três dezenas de comarcas, o inquérito revela também preocupações com a falta de transportes para os tribunais, sobrecarga de custos para quem procura justiça, mais congestionamentos nos serviços judiciais, acesso mais caro ao Direito e prejuízos para os causídicos de província em favor dos grandes escritórios de advogados.

As estas críticas, o presidente do CRN-OA, Guilherme Figueiredo, juntou as suas próprias quanto a propostas que considera dificilmente entendíveis por quem está no terreno.