Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Mapa Judiciário: Fecho do tribunal de Mêda "destrói o concelho de vez" - Autarca

Lusa

  • 333

Mêda, 22 out (Lusa) - O presidente da Câmara Municipal de Mêda, Anselmo Sousa, manifestou-se hoje contra o fecho do tribunal local, previsto na última proposta para a Reforma Judiciária, por considerar que a decisão irá "destruir" o concelho "de vez".

"É matar o interior e é destruir estas terras de vez. Sabemos que as pessoas são idosas e não têm forma, nem meios, para se deslocarem a outros concelhos", afirmou hoje à agência Lusa o novo autarca de Mêda, eleito pelo PS.

A última proposta do Ministério da Justiça para a Reforma Judiciária, a que a Lusa teve hoje acesso, mantém a extinção de quase meia centena de tribunais.