Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Maomé/filme: Governo e oposição na Alemanha divergem quanto a proibição

Lusa

  • 333

Berlim, 17 set (Lusa) - O governo e a oposição na Alemanha estão em desacordo quanto à proibição neste país do filme sobre Maomé que gerou graves confrontos no mundo islâmico, e que uma organização de extrema-direita pretende mostrar em Berlim.

O ministro do interior, Hans-Peter Friedrich, anunciou hoje no jornal Bild que tentará impedir a exibição do filme por todos os meios legais, afirmando que a película de um realizador norte-americano "é uma série de imagens de mau gosto que desprezam os sentimentos religiosos".

O chefe da diplomacia alemã, Guido Westerwelle, assumiu posição idêntica, afirmando-se convicto de que "as ofensas a outras religiões são proibidas pelo Código Penal, e além disso devem ser também ser proibidas para manter a ordem pública".