Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Maomé/Filme: Ataque a consulado vinga morte de "número 2" da Al-Qaida - rede extremista

Lusa

  • 333

Dubai, 15 set (Lusa) -- O ataque contra o consulado norte-americano em Benghazi, no leste da Líbia, "vinga" a morte do "número dois" da Al-Qaida, Abu Yahya al-Libi, afirmou o ramo iemenita da rede extremista.

"A morte do xeque Abu Yahya al-Libi (...) estimulou o entusiasmo e a determinação dos filhos de Omar al-Mokhtar [líder da resistência líbia contra a colonização italiana] a vingarem-se dos que ridicularizaram e atacaram o nosso profeta", indica a Al-Qaida na Península Arábica (AQPA) num comunicado citado pelo centro norte-americano de vigilância dos "sites" islâmicos SITE..

A AQPA não reivindica diretamente em nome da Al-Qaida o ataque ao consulado que coincidiu com o aniversário dos atentados de 11 de setembro nos Estados Unidos e que causou a morte de quatro norte-americanos, incluindo o embaixador Chris Stevens.