Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Maomé: Cristãos coptas egípcios receiam aumento de violência devido a filme

Lusa

  • 333

Cairo, 23 set (Lusa) - Egípcios cristãos temem que o filme anti-Islão produzido pelos cristão coptas nos Estados Unidos possa aumentar a perseguição desta comunidade no Egito, que se queixa regularmente de discriminação.

A comunidade cristã no Egito representa entre seis a 10 por cento dos 82 milhões de habitantes.

As igrejas egípcias foram das primeiras a condenar o filme "A Inocência dos Muçulmanos" que satiriza o profeta Maomé e que desencadeou protestos violentos em vários países islâmicos.