Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Manuel Ramos, "dirigente cumpridor e humano", abandona FC Infesta após 39 anos na presidência

Lusa

  • 333

Matosinhos, 11 jan (Lusa) -- O presidente do FC Infesta, Manuel Ramos, que hoje vai anunciar, 39 anos depois, o abandono da presidência do último classificado da Série Norte da II Divisão de futebol, é descrito como um dirigente "cumpridor, solidário e apaixonado".

Manuel Ramos tomou posse em 24 de julho de 1974 para suceder a Gaspar Lima, abraçou a presidência do clube pela "vontade de ver a freguesia crescer e as crianças também".

É que Manuel Ramos é "oficialmente" avô de seis netos mas diz-se "avô não oficial" de centenas de "infestistas". "Os meus meninos e meninas da formação que atravessam a rua para me cumprimentar", contou à agência Lusa.