Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Manifestação contra Israel em Caracas causa "indignação" junto da comunidade judaica da Venezuela

Lusa

  • 333

Caracas, 23 nov (Lusa) - Um grupo de cerca de meia centena de pessoas concentrou-se, esta quinta-feira, em frente à sinagoga Tiféret Israel, em Caracas, em protesto contra Israel, causando "indignação" junto da comunidade judaica da Venezuela.

Durante a concentração de protesto, que visava condenar o conflito na Faixa de Gaza, os manifestantes queimaram um boneco com a figura do primeiro-ministro israelita, Benjamin Netanyahu, e gritaram palavras de ordem contra Israel, acusando os israelitas de "judeus assassinos, judeus malditos" e instando a que "deixem de matar gente inocente".

Num comunicado, a Confederação de Associações Israelitas da Venezuela (Caiv) denunciou que foram ainda lançados materiais pirotécnicos para o interior da sinagoga, uma situação que levou "à interrupção temporária do normal desenvolvimento das atividades que aí se realizam, causando pânico entre as pessoas que se encontravam no lugar".