Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Mango só encomendou amostras a fábrica instalada no prédio que ruiu no Bangladesh

Lusa

  • 333

Madrid, 29 abr (Lusa) - O grupo espanhol de roupa Mango precisou hoje ter encomendado apenas amostras à sociedade Phantom, proprietária de uma das fábricas instaladas no prédio que se desmoronou no Bangladesh na quarta-feira, matando quase 400 pessoas.

"A Mango deseja clarificar o facto de que a Phantom não era fornecedora da sociedade, apesar de estar previsto que produzisse amostras para várias coleções da sociedade, amostras cuja produção não tinha ainda começado", informou a empresa na sua página Facebook.

"A Mango não tinha feito auditorias sociais porque a Phantom não era fornecedora da sociedade", acrescentou ainda a empresa.