Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Mali: UE condena lapidação de casal e pede fim "de barbaridade"

Lusa

  • 333

Bruxelas, 31 jul (Lusa) -- A União Europeia condenou hoje a lapidação de um casal não casado no norte do Mali e pediu que "seja posto fim a uma tal barbaridade".

A chefe da diplomacia europeia, Catherine Ashton, "está profundamente preocupada com a situação dos direitos humanos no norte do Mali", declarou o seu porta-voz.

"Ela condena firmemente a presumível execução por lapidação de um casal em Aguelhok por radicais islâmicos e insiste na necessidade de se por fim a uma tal barbaridade e de se respeitarem os direitos humanos universalmente reconhecidos", adiantou.