Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Malásia com índice "alarmante" de mortes sob custódia policial - Amnistia

Lusa

  • 333

Banguecoque, 26 jul (Lusa) -- A Amnistia Internacional (AI) instou hoje as autoridades da Malásia a tomarem medidas, de imediato, perante o "alarmante" índice de mortes sob custódia policial, alguns das quais devido a tortura e a maus tratos.

Pelo menos 12 pessoas morreram em centros de detenção policial desde o início deste ano, mais três do que em todo o ano de 2012, valor que eleva para 230 o total de vítimas mortais desde 2000, informou a AI, num comunicado conjunto com a organização local, Suara Rakyat Malaysia.

"O aumento de mortes sob custódia é escandaloso e envia uma inquietante mensagem a todos os que se encontram em risco de serem detidos pela polícia", disse Hazel Galang, da AI na Malásia.