Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Mais de seis mil lares no interior da Guiné-Bissau com energia solar a partir de hoje

Lusa

  • 333

Bissau, 22 mar (Lusa) - Mais de seis mil lares no interior da Guiné-Bissau vão ter a partir de hoje iluminação solar, num projeto montado por uma organização não governamental que quer ajudar a erradicar a pobreza e o analfabetismo no país.

Segundo Idrogidro Barbosa, um dos responsáveis da ONG Effective Intervention, o projeto Energia para o Povo, a ser lançado hoje na aldeia de Nhala, no sul da Guiné-Bissau, visa levar a iluminação a 6500 lares em 120 tabancas (aldeias) nas regiões de Quinará e Tombali, zonas onde não há energia elétrica.

O responsável do projeto explicou à Lusa que a ideia é ajudar a combater a pobreza e o analfabetismo naquelas zonas da Guiné-Bissau através do recurso à energia solar que irá possibilitar o aumento da frequência escolar das crianças e raparigas, produção de alimentos e ainda dar oportunidade de lazer nas tabancas.