Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Mais de metade dos aparelhos não cumprem etiquetagem energética - Quercus

Lusa

  • 333

Lisboa, 23 mai (Lusa) - Mais de metade dos aparelhos verificados no último ano pela Quercus em lojas de eletrodomésticos não cumpriam as novas regras europeias de rotulagem energética, estavam mal etiquetados ou faltavam etiquetas, tendo os hipermercados cash-and-carry os piores resultados.

A associação ambientalista visitou cerca de 60 lojas, em 2012 e 2013, e, entre os 17 mil produtos verificados, 56% não estavam em conformidade com as regras para a informação sobre consumo de energia, dos quais 29% estavam mal etiquetados e 27% não tinham etiquetas, refere um comunicado hoje divulgado.

A taxa de presença das etiquetas energéticas corretamente colocadas nos aparelhos domésticos à venda "é significativa, mas aquém do desejável", principalmente nos grandes eletrodomésticos, como máquinas de lavar e aparelhos de refrigeração, com pouco mais de metade a cumprir.