Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Mais de metade das lamas das ETAR com destino desconhecido - Quercus

Lusa

  • 333

Lisboa, 26 nov (Lusa) -- O Estado desconhece o destino de mais de metade das lamas das estações de tratamentos de esgotos, segundo dados preliminares de um estudo da associação ambientalista Quercus, que considera a situação inaceitável.

Os ambientalistas avisam que as lamas, que podem até conter patogénicos, poderão estar a ser descarregadas no solo ou a contaminar lençóis freáticos.

"O Ministério do Ambiente não sabe onde vão parar metade das lamas das ETAR", indicou à agência Lusa Rui Berkemeier, especialista em resíduos.