Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Mais de meio milhão de haitianos precisa de ajuda alimentar imediata -- ONU

Lusa

  • 333

Port-au-Prince, 10 jan (Lusa) -- A Missão das Nações Unidas para a Estabilização do Haiti (Minustah, em inglês) alertou hoje para a necessidade de fornecer ajuda alimentar "imediata" a mais de 500.000 pessoas no país, incluindo 81.600 crianças que sofrem de desnutrição aguda.

Num documento tornado público esta quarta-feira, o organismo aponta como causa a destruição dos campos de cultivo devido à seca e na sequência das tempestades tropicais "Isaac" e "Sandy", que afetaram o país no ano passado.

A insegurança alimentar afeta 2,1 milhões de haitianos, das quais meio milhão precisa de atenção imediata, referiu a Minustah, num documento citado pela agência noticiosa espanhola Efe.