Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Mais de 700 polícias e militares protegem empresas nacionalizadas na Bolívia

Lusa

  • 333

La Paz, 30 dez (Lusa) -- Mais de 700 polícias e militares guardam as instalações das empresas de distribuição de eletricidade Electropaz e Elfeo, expropriadas hoje pelo Governo boliviano à Iberdrola, indicou um ministro da Bolívia.

O executivo de Evo Morales destacou um total de 740 efetivos para guardar as sedes e instalações destas filiais nas regiões de La Paz e Oruro, indicou na noite de sábado (madrugada de hoje em Lisboa) o ministro do Governo, Carlos Romero, aos jornalistas.

A polícia irá vigiar as dependências da Electropaz e Elfeo nas áreas urbanas, enquanto o exército fará o mesmo nas áreas rurais.