Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Mais de 300 casos de corrupção estão a ser investigados em Espanha -- jornal

Lusa

  • 333

Madrid, 11 jun (Lusa) - A justiça espanhola está a investigar mais de 300 pessoas, a maioria detentoras de cargos públicos, por processos de corrupção em vários pontos do país que representaram perdas de mais de 1.200 milhões de euros, segundo a imprensa espanhola.

O jornal El Economista apresenta o balanço na sua edição de hoje, considerando que "não há semana em Espanha que não saia à luz um novo caso de corrupção vinculado a dinheiro público".

Desvio de fundos públicos, branqueamento de capitais, burla e corrupção estão entre os principais crimes a ser atualmente investigados em todas as comunidades autónomas.