Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Mais de 22 mil deslocados pela onda de violência na Birmânia -- ONU

Lusa

  • 333

Rangum, 28 out (Lusa) -- A nova onda de confrontos violentos entre as etnias rakhine budista e muçulmana rohingya, esta semana, no oeste da Birmânia, já fez mais de 22 mil deslocados, a sua maioria muçulmanos, revelou hoje um representante da ONU à agência AFP.

"Os últimos números que nós temos apontam para 22.587 deslocados e para cerca de 4.665 casas destruídas (...), segundo as estimativas facultadas pelo governo à ONU esta manhã", indicou o representante da ONU em Rangum, Ashok Nigam.

Dos 22.587 deslocados, 21.700 são muçulmanos, sendo propriedade deles 4.500 das 4.665 casas incendiadas nos confrontos étnicos, precisou o responsável.