Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Mais de 100 trabalhadores saíram da CGD no 1.º trimestre

Lusa

  • 333

Lisboa, 7 mai (Lusa) - A Caixa Geral de Depósitos (CGD) reduziu até março em 133 os número de trabalhadores e em cerca de 30 o número de agências, um processo que reestruturação da rede e redução de efetivos que está para continuar.

De acordo com dados adiantados pelo banco público, no final de março, trabalhavam na operação em Portugal 9.268 pessoas, o que corresponde uma redução de 133 face aos 9.401 de dezembro de 2012.

Também os balcões da CGD têm vindo a diminuir, com os 829 de março a contrastarem com os mais de 850 existentes no final do ano passado.